Bilhete Mensal já vale nos ônibus e Metrô

Extraído de: diariosp.noticias   Novembro 29, 2013

A expectativa da SPTrans é de que até 50 mil usuários já utilizem o serviço a partir deste sábado

Os usuários do transporte coletivo de São Paulo passam a ter, a partir de , um novo sistema de cobrança que permite aos passageiros andar de ônibus, trens e Metrô quantas vezes quiserem no período de 31 dias.  A expectativa da SPTrans é de que até 50 mil usuários já utilizem o serviço a partir deste sábado.

Segundo a empresa do governo municipal, até as 9h30 desta sexta, 155.833 pessoas fizeram o cadastro para  solicitar o Bilhete Único Mensal, mas somente os usuários que se cadastraram até o dia 18 de novembro receberam o cartão.


Quem efetuou o pedido após essa data vai ser, em breve, comunicado por e-mail sobre a data da retirada do bilhete mensal. Em média, o cartão fica pronto em cerca de dez dias úteis após a finalização do cadastramento.


No momento do carregamento, o usuário deve escolher entre a recarga comum ou só ônibus, só trilhos (Metrô e CPTM) ou integração. No último caso, o valor mensal para recarga é de R$ 230. Nos demais, R$ 140. Estudantes pagarão R$ 70 para as opções só ônibus ou só trilhos e R$ 140 para o bilhete  integração.


"Quem vai ganhar não é o trabalhador nem o estudante,  mas, sim, o cidadão. A partir de agora, aquele que detém o seu Bilhete Único Mensal possui uma nova referência: a de usufruir da cidade que é dele", afirmou o prefeito Fernando Haddad (PT).


Segundo dados divulgados pela SPTrans, a maior parte dos usuários cadastrados no Bilhete Único Mensal é do sexo feminino: 57,08% são mulheres e 42,92%, homens. Entre os cadastrados, 29,1% têm entre 19 e 24 anos e 38% têm entre 25 e 40 anos de idade. Enquanto 38,3% dos usuários cadastrados estudam e trabalham, 29,4% só estudam e 29,5% só trabalham.


Outros 2,8% não trabalham, nem estudam. No item escolaridade, 1,1% possui até a 3 série do ensino fundamental; 2,4% têm até a 4 série; 10,2% até a 8 série; 64,2% completaram o ensino médio e 22,1% concluíram o ensino superior. No que diz respeito à renda, a maior parte dos usuários (65%) recebe até R$ 1.147.


Para pedir o Bilhete Único Mensal basta registrar os  dados pessoais e foto pela internet, que gera um login e uma senha. Ainda na página da SPTrans, o usuário também decide o local de retirada do cartão.


A recarga pode ser realizada em 10 mil postos da rede SPTrans, Metrô e CPTM. As lotéricas deverão juntar-se ao sistema apenas em fevereiro de 2014.

Autor: Diário de S. Paulo


 
 
Deixe seu comentário



Siga o PasseiAki