Delegada de Sousa desvenda suposto suicídio: ¨Não se enforcou, foi estrangulada¨. Ouça

Extraído de: diariodosertao.noticias   Março 17, 2013

Conforme a delegada, o local do crime era incompatível com um suicídio e a perícia confirmou que a cena do crime havia sido montada.

Mulher foi encontrada morta em Sousa

 

A delegada Patrícia Forny, atuante na cidade de Sousa indiciou o acusado Alexandre Pereira de Lima como autor do homicídio contra sua esposa, a jovem Janaina Pereira dos Santos, 23 anos, que foi encontrada morta na residência do casal. De acordo com Patrícia, a versão de suicídio foi descartada e o acusado foi preso em flagrante e vai responder pelo crime de homicídio.

 

Conforme entrevista prestada pela delegada, o local do crime era incompatível com um suicídio e a perícia confirmou que a cena do crime havia sido montada. Além disso, o corpo de Janaina não apresentava marcas peculiares de um suicídio. “O que houve foi um estrangulamento e não um enforcamento”, concluiu ela.

 

Patrícia Forny disse ainda que, o acusado esteve preso a cerca de 30 dias atrás por ter lesionado e ameaçado sua companheira Janaina, sendo autuado pela Lei Maria da Penha. “Ele foi posto em liberdade, retornou ao lar e não reformou sua conduta”, afirmou a delegada.

 

A delegada Patrícia aproveitou a oportunidade para fazer um alerta a todas as mulheres que foram ou são vítimas de agressores: “Não confiem nos agressores. Eles podem acabar tirando a vida da companheira, mãe, ou filha”, disse. De acordo com ela, o certo seria que essas mulheres procurassem denunciar os agressores para evitar um futuro trágico.

 

Ouça áudio. 

 

Veja também: Suicídio ou homicídio? Mulher é encontrada morta sem roupas em cama no Sertão. FOTOS

 

Flagrante: após matar a mulher, homem vai dormir em rede e é preso. FOTOS e VÍDEO

 

DIÁRIO DO SERTÃO

Autor: Vinculado ao diariodosertao.noticias


 
 
Deixe seu comentário



Siga o PasseiAki