Estudantes fazem protesto na Praça Sete de BH

Extraído de: em.geral   Março 27, 2014

Estudantes fazem uma manifestação na Praça Sete, no Centro de Belo Horizonte, na manhã desta quinta-feira contra o possível aumento das passagens de ônibus. A BHTrans pode anunciar em breve o aumento da tarifa, decisão pautada em cumprimento de contrato com as concessionárias do transporte público.

Além do protesto contra o aumento, os alunos aproveitaram para pedir mais qualidade na educação e reivindicar uso de 10% do PIB brasileiro para investimento no ensino. A mobilização já estava programada e o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (PM) montou um esquema para controlar o tráfego na região.

Os estudantes, a maioria do Instituto de Educação, fecham parte da Avenida Afonso Pena nos dois sentidos. Militares estão orientando motorista a fazerem desvios na Amazonas com Tamoios, Afonso Pena com Espírito Santo e Afonso Pena com Rua Curitiba. Conforme a PM, o trânsito é lento em todo Hipercentro por causa do protesto.

De acordo com a Associação Metropolitana dos Estudantes Secundaristas de Belo Horizonte (AMES-BH), os jovens vão organizar uma reunião com as entidades estudantis, sindicais e populares, no dia 31 de março, para organizar uma pauta de reivindicações contra o aumento da tarifa na capital.

Saiba mais...
Tarifas de ônibus que caíram após manifestações de julho já começam a subir Marcio Lacerda afirma que BH não terá reajuste na tarifa de ônibus para 2014
No último dia 23 de janeiro, a PBH publicou no Diário Oficial do Município um decreto do prefeito Marcio Lacerda que extingue a cobrança do Custo de Gerenciamento Operacional (GCO) no sistema de transporte coletivo, a ser iniciado em até 90 dias. O CGO cobre os custos administrativos e operacionais de fiscalização e regulação dos serviços de transporte coletivo.

Apesar de a decisão beneficiar as empresas de ônibus, o valor das tarifas não seria alterado em curto prazo. O aumento só seria confirmado após auditoria que faz a revisão do contrato de concessão do sistema viário. A auditoria já ocorreu, mas a BHTrans ainda não divulgou o desfecho. O em.com.br entrou em contato com a empresa de trânsito para saber se há previsão para divulgação de resultados e aguarda retorno.

Autor: Vinculado ao em.geral


 
 
Deixe seu comentário



Siga o PasseiAki