Padre condenado pelo maior escândalo sexual da Igreja sofre AVC

Extraído de: girope.noticias   Março 10, 2014

O Monsenhor Raimundo Gomes, um dos padres envolvidos e condenados no escândalo da pedofilia em Arapiraca está internado no Hospital Regional de Arapiraca desde o último domingo (02), quando sofreu um AVC.

Segundo informações de parentes e amigos, Monsenhor Raimundo foi encontrado desacordado em sua residência e levado para o hospital, onde foi diagnosticado quadro de Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Nos últimos dias, os estado de saúde do padre piorou e ele foi transferido para a UTI.

Monsenhor Raimundo foi um dos envolvidos no caso considerado o maior escândalo sexual da Igreja Católica no Brasil, onde também foram envolvidos outros sacerdotes de Arapiraca, como o monsenhor Luiz Marques Barbosa e o Padre Edilson Duarte.

Durante audiência realizada em 19 de dezembro de 2011, João Luiz Azevedo Lessa, então juiz da 1ª Vara Judiciária da Infância e Juventude de Arapiraca, condenou os três religiosos envolvidos no caso.

Gomes teve a pena imposta pelo magistrado a 16 anos de prisão, mas por ser réu primário, ter residência fixa e por cumprir requisitos exigidos pela legislação penal brasileira, recorreu da sentença e aguarda o julgamento na 2ª instância, em liberdade.

 

Autor: Vinculado ao girope.noticias


 
 
Deixe seu comentário



Siga o PasseiAki