Quadrilha que assaltava ônibus de excursão é presa

Extraído de: clmais.turismo   Outubro 10, 2013

Curitiba, 11/10/2013, por Adecir Morais

 

 

A polícia prendeu cinco pessoas nesta quinta-feira (10) em Curitiba (PR), suspeitos de envolvimento em assalto a ônibus de sacoleiros que saíam de Santa Catarina , Paraná e Rio Grande do Sul com destino a São Paulo . A ação foi batizada de “Operação Excursão”. A suspeita é que a quadrilha também assaltou empresas de Lages.

 

 

 

 

Com os criminosos, os policiais encontraram um farto armamento, que  estava escondido em um buraco em um sítio em Araucária, na região metropolitana de Curitiba. O bando foi apresentado ontem na sede da Diretoria Estadual de Investigações Criminais, em Florianópolis. Os presos são Maila Ribeiro Moraes, de 28 anos, Roseli Moraes (29), Levi Pereira (30), Sidnei Ferreira de Amorim (31) e Márcio José Gonçalves Oliveira (32), todos de Curitiba.

 

 


De acordo com a polícia, a quadrilha teria praticado pelo menos 15 roubos a ônibus desde 2011, e era investigada há seis meses. Nos assaltos, normalmente os criminosos se passaram por falsos policiais. Cada roubo rendia, em média, R$ 100 mil a R$ 200 mil ao bando.

 

 

 

As investigações concluíram que os objetos subtraídos das vítimas, como aparelhos celulares, eram vendidos por um integrante da quadrilha em uma loja de celulares em Curitiba. Cerca de 300 aparelhos teriam sido levados das vítimas.

 

 

 


Segundo a polícia, nos roubos as mulheres atuavam dirigindo os carros e levando as armas até o local onde seria feita a abordagem, além de dar fuga aos homens.
Pereira e Amorim, apontados como líderes da quadrilha, juntamente com Oliveira faziam as abordagens e os assaltos. Oliveira ainda guardava as armas e restante do material usado nos roubos.

 

 


Participaram da operação policiais da Divisão de Furtos e Roubos da Deic, da Polícia Civil, além de agentes de municípios de SC e PR.

 

 

  Com os criminosos a polícia encontrou os seguintes armamentos:

  •  Fuzil calibre 556
  •  Metralhadora MT12 9mm
  •  Revólver 38
  •  Quatro pistolas 9mm
  •  Coletes da polícia
  •  Fardas da polícia usadas em falsas blitze

 

 

 

 

 

Em Lages, empresários de turismo, que levam sacoleiros semanalmente a São Paulo , ficaram aliviados com a prisão da quadrilha. A empresária Maria Zenir Souza conta que já foi alvo dos assaltos nos últimos três anos.

 

 

 

“Os roubos no trecho da BR-116, principalmente entre Mafra e Curitiba, ocorrem com frequência, mas agora a gente se sente aliada com a prisão desta quadrilha que vinha agindo na região”, diz.

 

 

 

Segundo ela, o modo operante dos assaltantes é o mesmo. Fortemente armados, geralmente usam coletes da polícia para fazer falsas blitze, e simulam ser funcionários de obras nas estradas para obrigar a parada dos carros.  Além disso, costumam tratar as vítimas com extrema violência.

 

 

 

Em novembro de 2011, por exemplo, o lageano Edson Ronaldo Chaves, de 44 anos, foi baleado durante assalto a um ônibus de sua empresa, a “Chaves Turismo”. O incidente ocorreu em Piraquara (PR), cerca de 15 Km distante de Curitiba.

 

 

 

 

Autor: Vinculado ao clmais.turismo


 
 
Deixe seu comentário



Siga o PasseiAki