Rapaz é encontrado morto em possível acerto de contas

Extraído de: parana-online.policia   Setembro 09, 2012

Marco André Lima

Corpo de Tiago foi encontrado próximo à línha do trem.

Quatro homicídios foram registrados em Curitiba entre a noite de sexta-feira (07), Dia da Independência, e a manhã de sábado (08). Dois crimes ocorreram na Cidade Industrial de Curitiba, nas vilas Verde e Sandra; um na Vila Icaraí, Uberaba, na área de atuação da Unidade Paraná Seguro (UPS), e o último na Vila Autódromo, Cajuru. Três assassinatos estariam relacionados com o tráfico de drogas, segundo a polícia.

Na manhã de sábado, um jovem foi encontrado morto às margens do trilho do trem, na Vila Autódromo, limite com a Vila Trindade. Segundo apurado pela Polícia Militar, o rapaz foi morto com pedradas na cabeça e golpes de facão na nuca e costas num local freqüentado por usuários de droga. A vítima carregava uma carteira com documentos em nome de Tiago Tavares do Nascimento, de 21 anos. Os soldados Mazeppa e Matos, do 20º Batalhão da PM, acreditam que um desacerto por causa de droga tenha motivado o crime.

Na noite de sexta-feira, o primeiro homicídio foi registrado pouco depois das 22h, na Rua Cristal Transparente, Vila Icaraí, Uberaba. Policiais militares que atuam na UPS faziam patrulhamento quando flagraram o momento em que Ezequiel dos Santos, o “Kel”, de aproximadamente 21 anos, era executado por duas pessoas que ocupavam uma motocicleta. Os policiais ainda correram atrás dos suspeitos – um deles vestia roupas de mulher – que abandonaram a Honda Bros e conseguiram fugir, escondendo-se em casas.

De acordo com a PM, Ezequiel foi executado com vários tiros na cabeça, peito e barriga. A moto foi apreendida e encaminhada à Delegacia de Homicídios. A polícia investiga se Ezequiel é mesmo rapaz que foi preso em 2009, por envolvimento na chacina que matou oito pessoas no Uberaba. Na época, sete suspeitos foram presos e confessaram participação na matança.

CIC

Uma hora depois, por volta das 23h, a PM foi acionada para atender outro local de morte na Vila Verde, Cidade Industrial de Curitiba (CIC). O gesseiro Anísio Rodrigues Ferreira, 41, estava caído na frente da sua casa, em construção, na Rua Luís Atílio de Macedo, na Vila Verde. De acordo com a PM, Anísio foi atingido por pelo menos seis tiros, sendo quatro na cabeça e dois no peito.  De acordo com apurado pelo investigador Nilson, da DH, Anísio voltava de um bar quando foi morto. Várias hipóteses sobre a motivação estão sendo investigadas, entre elas, a de que Anísio se desentendeu no bar ou foi vítima de crime passional.

Ainda na CIC, Wagner Almir Marinho, 29, foi morto, por volta das 3h30 de sábado, com um tiro na testa dentro de um mocó, na Rua 5, Vila Sandra. Wagner já tinha passagem por roubo, porte ilegal de arma e tráfico de drogas e consta que ele estava preso até junho deste ano. Não há informações de suspeitos.

Autor: Vinculado ao parana-online.policia


 
 
Deixe seu comentário



Siga o PasseiAki