Símbolos da Páscoa: entre os principais estão os ovos de chocolate

Extraído de: interjornal.noticias   Março 28, 2013

A Páscoa é uma festa cristã que celebra a ressurreição de Jesus Cristo dois dias depois de ser crucificado (na sexta-feira santa), o que faz então com que a Páscoa represente a ida de Jesus ao céu, sua passagem para o reino de Deus.

A festa da Páscoa passou a ser uma festa cristã após a última ceia de Jesus com os apóstolos, na Quinta-feira santa. Os fiéis cristãos celebram a ressurreição de Cristo e sua elevação ao céu. As imagens deste momento são a morte de Jesus na cruz e a sua aparição. A celebração que sempre começa na Quarta-feira de cinzas e termina no Domingo de Páscoa é a chamada semana santa.

SÍMBOLOS DA PÁSCOA

A Páscoa pode ser celebrada de diversas formas e de acordo com cada região. Entre os seus símbolos os principais são:

OVO DE PÁSCOA

Os ovos de Páscoa são famosos no mundo inteiro. Os mais comuns são os ovos de chocolate, recheados com balas, confeitos e bombons. O ovo é um símbolo que significa vida nova, vida que está para nascer. Sua associação com a Páscoa quer dizer, Ressurreição de Jesus, que também indica o princípio de uma nova vida, a redenção da própria humanidade e a promessa de um futuro cheio de alegria e felicidade para os que tem fé e esperança.

COELHINHO DA PÁSCOA

O coelho simboliza a igreja, pelo poder de Cristo, é fecunda em sua missão de propagar a palavra de Deus a todos os povos. Religiosamente, os coelhos são animais que reproduzem com extrema facilidade e em grande quantidade, significando a identificação com uma vida abundante, um processo de restauração, um ciclo que se renova todos os anos.

CHOCOLATE

O ovo de chocolate é considerado o símbolo da vida. Quando presenteado a alguém, tem inúmeros significados. O chocolate foi consumido, em grande parte de sua história, apenas como uma bebida. Posteriormente, ao tomar o formato de um ovo, representou mais intensamente a força rejuvenescedora da vida.

CORDEIRO

É o símbolo mais antigo da Páscoa e simboliza Cristo, que é o cordeiro de Deus, que se sacrificou em favor de todo o rebanho. No Antigo Testamento, a Páscoa era celebrada com os pães ázimos (sem fermento) e com o sacrifício de um cordeiro como recordação do grande feito de Deus em prol de seu povo: a libertação da escravidão do Egito.

PÃO E O VINHO

Principalmente na antiguidade, o pão e o vinho, foram a comida e bebida mais comum para muitos povos. Na ceia do senhor, Jesus escolheu o pão e o vinho para dar vazão ao seu amor. Representando o seu corpo e sangue, eles são dados aos seus discípulos, para celebrar a vida eterna.

CRUZ DA RESSURREIÇÃO

Jesus, que morreu na cruz para nos salvar. A cruz representa o sofrimento e a ressurreição de Jesus Cristo. De acordo com Ueda (2013) o mistério da cruz e da ressurreição estará presente na vida dos cristãos até a vinda do Reino dos Céus, quando não haverá mais dor nem sofrimento. Nele, não haverá mais choro nem lágrimas (cf. Ap 21, 4) e viveremos com Cristo por toda a eternidade.

CÍRIO PASCAL

O Círio Pascal é um dos símbolos mais expressivos da vigília desde os primeiros séculos. É a grande vela que se acende na Aleluia. Quer dizer: "Cristo, a luz dos povos". Alfa e Ômega nela gravadas significam: "Deus é o princípio e o fim de tudo".

SINO

Simboliza a alegria e a celebração pela ressurreição de Jesus. Tocando festivamente, anunciam não só novos tempos, mas alma nova nas criaturas.

GIRASSOL

O girassol, como símbolo da páscoa, representa a busca da luz que é Cristo Jesus e, assim como ele (flor) segue o sol, os cristãos buscam em Cristo o caminho, a verdade e a vida.

OUTROS SÍMBOLOS

Peixe - é um dos símbolos mais antigos dos primeiros cristãos, ao se referirem a Jesus Ressuscitado.

Ramos - a festa dos ramos relembra o dia em que Jesus entrou festivamente em Jerusalém, pouco antes de sua morte.

Lava-pés - durante a última ceia que Cristo lavou os pés de seus discípulos. Jesus fez isso para dar uma lição de humildade, simplicidade, igualdade, solidariedade, amor e serviço aos irmãos, que nada mais é do que a grande lição pascal.

Óleos Santos - na antiguidade os lutadores e guerreiros se untavam com óleos, pois acreditavam que essas substâncias lhes davam forças. Para nós cristãos, os óleos simbolizam o Espírito Santo , aquele que nos dá força e energia para vivermos o evangelho de Jesus Cristo.

RESUMINDO...

A Páscoa é considerada, essen-cialmente, a Festa da Libertação. Vinda logo após a Quaresma e culminando na Vigília Pascal (no Sábado Santo à noite) é uma das festas móveis do nosso calendário. Entre os seus símbolos encontram-se os Ovos de Páscoa, o Círio Pascal, o Cordeiro, o Coelhinho da Páscoa, o Pão e o Vinho e a Cruz da Ressurreição.

Nas palavras do Papa Paulo VI "a Páscoa é um período muito próprio para que todos os homens, de todos os credos e povos, recordem o seu significado, como símbolo de liberdade e esperança para a Humanidade".

* Terezinha de Freitas Ferreira é doutora em Enfermagem pela Universidade de São Paulo - USP. Professora Associada do Centro de Ciências da Saúde e do Desporto - UFAC.

Autor: Vinculado ao interjornal.noticias


 
 
Deixe seu comentário



Siga o PasseiAki